Banco central indica novas altas nos juros para manter inflação dentro da meta

O Banco Central indicou que apertos seguidos e sem interrupção nos juros básicos são necessários para levar a taxa Selic para patamar acima do neutro, para que assim as projeções de inflação fiquem na meta, conforme ata do Copom (Comitê de Política Monetária) publicada hoje.

“Levando em conta o cenário básico e o balanço de riscos, o Comitê do Banco Central observou que, caso não haja mudança nos condicionantes de inflação, são necessárias elevações de juros subsequentes, sem interrupção, até patamar acima do neutro para que se obtenha projeções em torno das metas de inflação no horizonte relevante”, mostrou o documento, em referência aos anos de 2022 e 2023.

“Sendo assim, tornou-se apropriado um ciclo de elevação da taxa de juros para patamar consistente com política monetária contracionista”, acrescentou.

De acordo com indicações do próprio BC, a taxa neutra estaria por volta de 6,5%.

Na semana passada, o Banco Central havia subido a dose do aperto monetário ao adotar uma alta de 1 ponto percentual na Selic, a 5,5% ao ano, já indicando outro aumento de igual magnitude na próxima reunião do colegiado, em setembro.

 A decisão veio em meio à leitura de que houve piora recente em componentes inerciais da inflação com a reabertura do setor de serviços, mensagem que o BC repetiu nesta terça-feira, reiterando sua visão sobre a continuidade da pressão sobre bens industriais, e mencionando a possível elevação do adicional da bandeira tarifária e os novos aumentos nos preços de alimentos.

Já no comunicado da semana passada, o BC tinha destacado que, pelas suas projeções, a inflação estava na meta para 2022 e 2023, com o IPCA calculado em 3,5% e 3,2%, respectivamente. Para este ano, em contrapartida, o BC elevou a estimativa de inflação a 6,5%, sobre 5,8% antes.

Na ata, o BC justificou que os riscos fiscais é que estão imprimindo um viés de alta nas suas contas.

“Essa assimetria no balanço de riscos afeta o grau apropriado de estímulo monetário, justificando assim uma trajetória para a política monetária mais contracionista do que a utilizada no cenário básico”, disse.

O centro da meta de inflação é de 3,75% para 2021, de 3,5% para o ano que vem e de 3,25% para 2023, sempre com margem de tolerância de 1,5 ponto para mais ou para menos.

No Focus da semana passada, utilizado como base comparativa pelo BC, as perspectivas eram piores, com IPCA em 6,79% este ano, 3,81% em 2022 e 3,25% em 2023. No boletim mais recente, os números para 2021 e 2022 foram piorados a 6,88% e 3,84%, sendo mantida a projeção de 3,25% para 2023. Ao contrário do BC, portanto, o mercado já enxerga a inflação acima do centro da meta no ano que vem.

Segundo a ata, os membros do Copom debateram as explicações para essa diferença nas projeções, aventando três possibilidades diferentes.

“Primeiro, as expectativas podem incorporar diferentes hipóteses sobre os fatores determinantes da inflação, tais como os preços administrados e o crescimento econômico, além de conter diferentes percepções sobre cenários de risco ou alternativos”, disse o BC.

“Segundo, a longa sequência de choques e revisões unidirecionais das expectativas pode gerar um aumento da percepção da inércia inflacionária. Finalmente, pode haver, entre os participantes de mercado, diferentes premissas sobre a função de reação da política monetária”, completou.

Sobre a economia doméstica, o BC pontuou que deve haver retomada robusta no segundo semestre conforme os efeitos da vacinação contra a Covid-19 sejam sentidos de maneira mais ampla.

Também neste caso o BC discutiu por qual razão suas estimativas para a atividade eram mais modestas que as do mercado. Em seu último Relatório Trimestral de Inflação, do final de junho, o BC estimou alta de 4,6% para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. No boletim Focus mais recente, a projeção é de um crescimento de 5,3%.

Por: Reuters

Leia também: BOLETIM FOCUS: MERCADO ELEVA PREVISÃO DA INFLAÇÃO PARA 6,79% EM 2021

Reuters
Reuters
Agência de notícias britânica, com sede em Londres.

Leia Também

CVC Corp (CVCB3) Registra Prejuízo Líquido de R$ 94,8 Mi no 2t22

CVC Corp (CVCB3) reportou nesta terça-feira, 9, R$ 94,8 milhões de prejuízo líquido no segundo trimestre de 2022.  » LEIA MAIS

Embraer (EMBR3) Assina Contrato para Apoiar Frota de Jatos da Avantto

A Embraer e a Avantto assinaram um contrato do Programa Embraer Executive Care para apoiar a frota de jatos executivos da empresa.  » LEIA MAIS

Radar: Via (VIIA3) deve ter prejuízo no 2T22, XP (XPBR31) registra receita recorde no trimestre, CVM investiga OPA de Gol (GOLL4) e Avianca

Centro de distribuição da Casas Bahia, empresa da Via (VIIA3). Foto: Divulgação.Com baixa de 44% nas ações em meio a um cenário considerado desfavorável pelos especialistas, a Via (VIIA3) divulga seu balanço na próxima...

CBA (CBAV3) registra lucro líquido de R$ 511 milhões, alta de 20% no 2T22

CBA. Foto: Divulgação.A Companhia Brasileira de Alumínio, CBA (CBAV3), registrou uma alta de 29% no lucro líquido do segundo trimestre de 2022. Em relatório publicado nesta terça-feira (9), a empresa reportou a...

Copel registra prejuízo líquido de R$ 522,4 milhões no 2T22 devido à provisão

  Publicado às 23h22   No 2T22, a Copel (CPLE6) registrou prejuízo líquido de R$ 522,4 milhões ante lucro líquido de R$ 957 milhões registrado no 2T21, ocasionado pelos efeitos da Lei 14.385/2022 com a...

Notícias corporativas que o mercado repercute nesta quarta, 10

  Atualizado às 23h29   Notícias corporativas  (clique nos links abaixo para ler os detalhes) Copel registra prejuízo líquido de R$ 522,4 milhões no 2T22 devido à provisão Resultado da CBA, Valid, Log-in, Viveo e Armac CVC reduz prejuízo...

Eleições: a polarização afeta você como investidor?

Em tempos polarizados, é grande a possibilidade de misturar a avaliação sobre o futuro da economia e, consequentemente, do mercado com a torcida por algum candidato nas eleições presidenciais.  » LEIA MAIS

Ficou sabendo? Meta faz 1ª emissão de dívida; Biden vai subsidiar chips e mais

Meta levanta US$10 bi em 1ª emissão de dívida A Meta Platforms, controladora do Facebook (FBOK34), anunciou nesta terça-feira que levantou 10 bilhões de dólares em sua primeira emissão de títulos de dívida,...

União paga R$ 400 milhões em dívidas atrasadas com quatro estados

A Secretaria do Tesouro Nacional informou que em julho a União pagou R$ 400 milhões em dívidas atrasadas de quadro estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Sul....

Eternit (ETER3) tem queda de 32,4% no lucro do 2T22

A Eternit é líder nacional de mercado no segmento de coberturas. (divulgação)O balanço trimestral da Eternit (ETER3) no segundo trimestre de 2022 aponta queda de 32,4% no lucro líquido em comparação ao...

Alupar (ALUP11) vê lucro líquido cair 45,8% no 2T22, para R$ 180 mi

Alupar. Foto: Reprodução FacebookEm balanço divulgado nesta terça-feira (9), a Alupar (ALUP11) reportou uma queda de 45,8% no lucro líquido societário do segundo trimestre de 2022. A empresa, que tinha apurado R$ 431 milhões...

Eternit (ETER3) vai pagar R$ 18,4 milhões em JCP; veja valor por ação

A Eternit é líder nacional de mercado no segmento de coberturas. (divulgação)A Eternit (ETER3) anunciou nesta terça-feira (9) que vai pagar R$ 18,4 milhões em Juros Sobre Capital Próprio (JCP) aos seus...

Cury (CURY3) lucra R$ 92,9 milhões no 2T22, alta anual de 20,6%

Cury (Foto: Reprodução)A Cury (CURY3) divulgou o balanço do segundo trimestre de 2022 nesta terça-feira (9). O  lucro líquido foi de R$ 92,9 milhões, 20,6% maior na comparação anual. O Ebitda da Cury (lucro...

Méliuz (CASH3): Genial recomenda compra após queda das ações; entenda por quê

Méliuz (CASH3). Foto: Reprodução balanço 3T21A Genial Investimentos atualizou a cobertura das ações do Méliuz (CASH3), fintech de cashback, com recomendação de “compra” e preço-alvo de R$ 2,45. A empresa vai divulgar...

Log-In (LOGN3): Lucro líquido cai 41,5% no 2T22, para R$ 22 milhões

Log-In (LOGN3). Foto: Reprodução FacebookA Log-In (LOGN3) registrou lucro líquido de R$ 22 milhões no segundo trimestre de 2022, queda de 41,5% contra o mesmo período do ano passado. Em contrapartida, a...

CVC (CVCB3) tem prejuízo líquido de R$ 94,8 milhões, queda de 46% no 2T22

CVC. Foto: Reprodução/Site CVC CorpA CVC (CVCB3) reportou prejuízo líquido de R$ 94,8 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), queda de 46% na comparação com o mesmo período de 2021. O...

Brasil volta ao MAPA DA FOME com pratos de ossos e subprodutos

A fome chega sem cerimônia à mesa dos brasileiros. Dados atualizados do Mapa da Fome apontam que 58,7% da população vivem diariamente em meio à incerteza se terá ou não comida à...

Porto oferece vagas em PROGRAMA DE ESTÁGIO

Empresa oferece vagas de estágio para estudantes universitários a partir do segundo ano de formação. Os 25 estagiários contratados vão atuar presencialmente na sede da empresa localizada na cidade de São Paulo. Porto...

Hora de voltar para a renda variável? Com sinalização do fim de ciclo da Selic, veja a recomendação

Já é hora de voltar para a renda variável? Qual o momento certo para voltar às compras? O vento parece que mudou de lado e,  » LEIA MAIS

Selic em alta ainda por um bom tempo: como ficam os Fundos Imobiliários?

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a Selic de 13,25% para 13,75% na quarta-feira (3). A decisão veio em linha com o esperado pelo mercado.   » LEIA MAIS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS!

*Inscreva-se e receba conteúdos exclusivos: artigos, notícias e podcast.

NOSSOS CANAIS

Cotações Crypto

Destaques do dia

Economia em Pauta Receba as notícias mais importantes na hora em que elas acontecem
Mais tarde
Eu quero