terça-feira, março 5, 2024

Conteúdo que impacta no seu bolso!

Renda variável, quando migrar?

Uma dúvida comum em muitos investidores iniciantes é quando migrar para a renda variável?Em 2020, a B3, bolsa de valores brasileira, registrou a marca 1,3 milhão de CPFs a mais cadastrados. Em um cenário de pandemia e baixo valor da taxa SELIC, esse é um dado importante para avaliar o comportamento do investidor nos anos que se seguem. Sabe-se que a renda fixa não tem mais como finalidade, os ganhos de capital ou retornos de juros elevados, como outrora.

Mas afinal, como saber a hora certa de migrar os investimentos de ativos mais seguros para ativos mais voláteis?

É comum ouvir em conversas informais, familiares ou em ambientes de trabalho, que investir em ações é “muito arriscado”. Esta crença sobrevive das oscilações nos preços das cotas das companhias e confunde aqueles que estão fora do mercado de renda variável.

O que na verdade não se atenta é:

A queda no preço das ações não significa prejuízo, desde que o botão “vender” não seja acionado.

Três pontos devem ser são levados em consideração antes de migrar para a renda variável

  1. A clareza do que seja realmente o Risco;
  2. A disponibilidade e apetite para suportar a volatilidade típica no preço das ações;
  3. A formação prévia da reserva de emergência, aplicada em ativos de renda fixa e com baixo risco.

Antes de se “jogar” no mar de oportunidades que a bolsa de valores traz ao investidor, é fundamental um ajuste de carteira, a definição do percentual a ser aplicado em investimentos desta natureza, e principalmente, o conhecimento acerca da companhia que se pretende ser sócio.

É imperioso mencionar que a bolsa de valores não é um cassino como algumas pessoas podem imaginar. Trata-se de um ambiente sério, regulado por órgão competente e onde se negocia a menor parte de uma empresa.

A educação financeira, o estudo continuado e a visão de longo prazo são elementos que potencializam o sucesso e os altos retornos com aplicações em renda variável.

O que se pode concluir é que decisão de entrar na bolsa de valores é muito pessoal e deve ser feita de maneira responsável. Afinal, apesar de trazer um bom retorno, há que se deixar claro que a possibilidade de perda total, existe, ainda que remota. Cabe a análise individual da capacidade de aporte e a da propensão ao risco.

Indicação de leitura: Qual o seu perfil financeiro?

Nayra Laís Milanez
Nayra Laís Milanezhttps://economiaempauta.com/author/nayralais
Administradora, formada na Universidade Federal do Piauí, especialista em Marketing, em Recursos Humanos e em Políticas Públicas. Palestrante, Consultora e Educadora financeira. Investidora. Servidora Pública Federal.

Leia Mais

Investidores apostam no Raffle Coin para pré-venda com 30X de potencial

Investidores de Solana e Aave têm o Raffle Coin como a próxima grande oportunidade de pré-venda com potencial de 30X Enquanto os investidores observam atentamente o mercado de criptomoedas em busca da próxima...

Crescimento de pessoas físicas em debêntures supera CDB em 2023

As debêntures, instrumento utilizado por empresas para captar recursos no mercado de capitais, têm ganhado a atenção dos investidores pessoas físicas. Nos últimos três anos, o volume investido cresceu 32% ao ano entre...

PMI composto avança para 55,1 pontos em fevereiro, segundo S&P Global

O Índice de Gerente de Compras (PMI) composto no Brasil avançou para 55,1 pontos em fevereiro, ante 53,2 registrado em janeiro. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (5) pelo S&P Global.  » LEIA MAIS

Unipar (UNIP6) é elevada em avaliação de combate às mudanças climáticas

A Unipar (UNIP6) teve sua nota elevada de C para B no tema Mudanças Climáticas no ciclo 2023 do CDP Insight Action. No âmbito dos Recursos Hídricos,  » LEIA MAIS

IPP: Índice de preços ao produtor recua 0,31% em janeiro, revela IBGE

O Índice de Preços ao Produtor (IPP) registrou queda de 0,31% em janeiro frente a dezembro, o terceiro resultado negativo consecutivo.  As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)...

Altcoins promissoras abaixo de US$ 0,5 preveem crescimento expressivo no segundo trimestre de 2024

O mercado de criptomoedas está passando por uma transformação significativa no momento, com destaque para altcoins que são esperadas para experimentar um aumento após um forte rally do Bitcoin.  » LEIA MAIS

Rápidas: Cogna, Azul, Vale, Vibra, GPA, Itaú, 3tentos

  Atualizado às 11h50   Ibovespa Às 11h50 o Ibovespa tinha leve baixa de 0,01% aos 128.329 pontos.  » LEIA MAIS

Toyota vai investir R$ 11 bi no Brasil; Hyundai, GM e BYD também anunciaram investimentos

A Toyota (TM ; $TMCO34) anunciou que vai investir R$ 11 bilhões no Brasil nos próximos anos, com previsão de lançamento de novos modelos de automóveis.  » LEIA MAIS

Quais são os empregos que ainda não existem e serão comuns em menos de 5 anos?

De acordo com um relatório recente publicado pela Dell e do Institute For The Future, 85% dos empregos que existirão em 2030 ainda não existem.  » LEIA MAIS

PMI de serviços do Brasil atinge maior alta em 19 meses

O Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços do Brasil subiu de 53,1 em janeiro para 54,6 pontos em fevereiro.  » LEIA MAIS

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Conteúdos Exclusivos

*Inscreva-se e receba conteúdos exclusivos: artigos, notícias, vídeos e podcast.

Nossos canais

Destaques

plugins premium WordPress
Economia em Pauta Ative as notificações e receba uma seleção de conteúdos exclusivos!
Mais tarde
Eu quero